WHAT'S NEW?
Loading...

Balanço de Temporada – Covert Affairs (3ª Temporada)


No dia 20 de novembro, foi ao ar, nos Estados Unidos, a season finale de Covert Affairs. O episódio foi intitulado Lady Srtardust e manteve o nível dos últimos episódios da terceira temporada.

Covert Affairs já foi renovada para uma quarta temporada, mas, até a próxima temporada, ficamos com as impressões que a terceira temporada nos deixou.

Essa terceira temporada começou prometendo algumas coisas. Para superar a morte do Jai, Annie foi para outro departamento e começou a trabalhar com Lena, que deu toda a liberdade que a loira queria e aí, conhecemos Simon Fisher, que além de ser um grande espião, foi o amor da Srta. Walker.

Na minha opinião, o erro começou quando Matt Corman e Chris Ord (criadores de Covert Affairs) resolveram que Lena mataria Simon.

A morte de Fisher foi o que decaiu a série. Tivemos um episódio no subconsciente de Annie Walker e, nesse mesmo episódio, vimos mais uma tentativa frustrada de Lena para matar Annie.

A partir daí, tudo desandou: Walker perdeu o que mais a identificava, aquela confiança nas pessoas, a esperança de um mundo melhor, de pessoas melhores; foi aberto um plot da Joan, que, sinceramente, não fez a mínima diferença; de uma forma, os agentes foram se separando, então tivemos uma queda brusca e desnecessária na série.

Se, pelo menos, Simon não tivesse morrido...

Eyal teve até uma importância relativa, mas não chegou a fazer tanta diferença na série.

Agora, parece que querem criar tudo de novo, colocando o casal que muitos fãs esperavam: Annie e Auggie. Eu nunca fui super fã desse casal, prefiro Annie e Simon e Auggie e Parker, maaas né...

Enfim, Covert Affairs tinha tudo para ser uma ótima temporada, mas desperdiçou a oportunidade. No final, tivemos uma história toda voltada para uma pessoa só: Khalid, que foi tão besta, que nem tem o que continuar.

E você? O que achou dessa temporada de Covert Affairs? Conta aqui pro Seriáticos.



0 comentários:

Postar um comentário